Todo o trabalho partilhado neste blogue pode ser visionado, consultado e utilizado, mas, por favor, não apague os créditos de um trabalho que é meu. E não plagie. O plágio é uma prática muito feia. Se entender contactar-me o meu e-mail é anabelapmatias@gmail.com
Agradeço aos autores dos vídeos a sua partilha, generosa, no Youtube. Sem esta partilha, as minhas postagens ficariam mais pobres.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

13ª Aula - Hebreus e Fenícios

13ª Aula - Hebreus e Fenícios

Sumário: Os Hebreus: a originalidade da religião monoteísta hebraica. Os Fenícios: a escrita alfabética.

Meus queridos alunos,

depois deste interregno em que andámos ocupados com testes e avaliações eis que retomamos o trabalho com afinco e vontade de fazer mais e melhor. Tenham atenção à numeração das aulas que, a partir de agora, estarão desfasadas para muitos de vós, nomeadamente à conta dos feriados que fomos tendo ao longo do 1º período.
Posto isto, ao trabalho!

A primeira parte desta aula remete-nos para matérias que muitos de vós já conheceis das vossas aulas de catequese. Os hebreus, ou seja "os que vagueiam", povo de origem semita, segundo a Bíblia descendentes de Sem, filho primogénito de Noé, eram originários da Mesopotâmia, região que se situava entre os rios Eufrates e Tigre, no atual Iraque. A originalidade maior deste povo de pastores nómadas é que professavam uma religião monoteísta, adorando um só Deus, Javé, criador do do mundo e do homem e consideravam-se o povo eleito por Deus para revelarem aos outros povos a lei de Deus. Os profetas anunciavam a vinda de um Messias, filho de Deus, que salvaria os hebreus da opressão.
Cerca de 1800 a. C., guiados pelo patriarca Abraão, saíram da Mesopotâmia à procura da Terra Prometida que encontraram na região da Palestina, região fértil, atravessada pelo rio Jordão. Apoquentados por secas e fomes os hebreus partem de novo e fixam-se no Egito, onde são reduzidos à escravidão e por aí permanecem até cerca de 1200 a. C. data em que, guiados pelo patriarca Moisés, regressam à Palestina. Durante o êxodo, no monte Sinai, Moisés recebe, segundo a Bíblia, as Tábuas da Lei que contêm os Dez Mandamentos da Lei de Deus e prosseguem a viagem acabando por fundar o Estado de Israel, no século XI a. C. A partir do século VIII a região foi sucessivamente ocupada por Assírios, Babilónios, Persas, Gregos e Romanos.
Os hebreus, judeus actuais, não reconheceram Jesus Cristo como filho de Deus e ainda hoje aguardam a vinda do Messias. Para os cristãos, o Messias já veio ao mundo e morreu aos 33 anos, na província romana da Judeia.

Hebreus




Os fenícios, povo sem unidade política, habitavam uma estreita faixa de terra situada entre o mar Mediterrâneo e as atuais Montanhas do Líbano, onde fundaram cidades-estado independentes umas das outras. O solo era pobre e acidentado e os fenícios, embora praticassem a agricultura e cultivassem a vinha, a oliveira e o linho, especializaram-se no fabrico de artesanato e no comércio que praticavam por todo o Mediterrâneo tendo-se até aventurado pelo oceano Atlântico, para Norte, até à Grã-Bretanha, e para Sul, até ao atual Senegal. Os fenícios, excelentes marinheiros, fundaram muitas colónias por toda a bacia mediterrânica, a mais famosa das quais situada na costa norte de África, na atual Tunísia, chamada Cartago.
Os fenícios exportavam madeira de cedro, panos de cor púrpura, objetos de cerâmica, de vidro, de metal e importavam matérias primas como ouro, prata, cobre, estanho, chumbo, marfim, cereais, papiro, sal.
A sua intensa atividade comercial levou-os a inventarem uma escrita simplificada, a escrita alfabética, criada cerca de 1200 a.C.. Este alfabeto, constituído por 22 letras e em que cada letra corresponde a um som, está na origem do alfabeto por nós utilizado hoje em dia e está na origem de todas as escritas ocidentais.
Deixo-vos o link para a apresentação que já explorámos em contexto de sala de aula, intitulada J - Hebreus e Fenícios. Deixo-vos ainda o link para a ficha formativa H - Hebreus e Fenícios que podereis e devereis tentar resolver. Já sabeis que, tendo dificuldades, esta professora encontra-se on-line, na Escola ou em casa, para vos ajudar a resolver qualquer dificuldade.
E finalmente deixo-vos três vídeos que complementam esta aula e que, eu sei, são sempre tanto do vosso agrado.
Fiquem bem, alunos meus! Votos de excelente trabalho!

Fenícios


4 comentários:

  1. ola eu sou estudante de hitoria, adorei seu material: teria como vc me enviar esses videos por email, será de grande valia prá meus estudos: por favor, se puder te agradeço: segue então meu email: valtermlg@hotmail.com

    ResponderEliminar
  2. Olá este saite ajudou-me imenso . Espero que continuem a dar estes belos resumos um imenso Obrigado

    ResponderEliminar
  3. Valter, você pode retirar facilmente os vídeos a partir deste blogue. Obrigada pelas suas palavras de incentivo ao meu trabalho!
    Continuação de excelente trabalho!

    ResponderEliminar
  4. Fico contente por ser útil, anónimo! Este trabalho é para continuar até ao 9º ano de escolaridade!
    Agradecida pelo incentivo!!!

    ResponderEliminar